Meu Canto

 

(Thiago B Mendonça – Caio Prado – Selito SD)

 

Faço samba sobre a dor

De um povo bravo e forte

Teço prosa sobre a vida

Luto imagens contra a morte

 

O meu canto, minha arma

Faço samba sobre a guerra

Do pequeno contra o grande

Deste povo de Sem Terra

 

Faço banzo deste canto

Dos batuques e senzalas

E da vida interrompida

Morta a tiros numa vala

 

Faço samba pro meu povo

Sua luta e sua história

E Deus (Nzambi) queira que um dia

Seja só uma memória.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*